Início > cultura, música, resenha > resenha: pearl jam – pearl jam

resenha: pearl jam – pearl jam

pearl jam por pearl jamQuatro anos depois de seu último álbum de estúdio, os vovôs de seatle lançam Pearl Jam, retornando suas raízes e deixando na maiorias das faixas desse novo trabalho, a sofisticação de arranjos de lado fazendo composições mais cruas, dando destaque ao trabalho de guitarra de Stone Gossard e Mike McCready.

O disco começa bem com 4 faixas bem intensas, seguindo a linha abtual da banda na composição de músicas “pesadas”, ou melhor, “agitadas”. Do meio do disco para frente ele vai alcamando o ritmo até chegar em faixas mornas que chegam a lembrar as baladas típicas, mas nenhuma delas chegam a ter o mesmo sucesso das famosas baladas de rádio, como a famosa Jeremy. Das 13 faixas que o disco possui, destaco as 3 primeiras faixas, que dentre elas estão as atuais músicas que estão sendo vinculadas, são elas: Life Wasted, World Wide Suicide e Comatose, minha preferida. Outra faixa muito boa é a oitava, Big Wave.

Sobre a composição das letras, a banda deixa claro a preocupação em relação a temas contra guerra e ao governo George W. Bush. Esse tipo de comportamento, não é de hoje uma marca da banda, fica somente a dúvida:

“Até que ponto essa postura é marketing para a banda? … ?!”

Mas este “artigo” não tem intensão alguma de tratar este assunto, o intuito aqui é somente deixar essa interrogação no ar, tome você sua decisão a respeito desse assunto …😉.

Outro ponto relevante que gostaria de destacar, é a maneira como o disco tem sido vinculado na mídia, tanto o disco como vídeo clip. A gravadoura ou a banda, sabesse lá quem, esta liberando sempre antes do lançamento o produto de graça na net e depois é que começa a cobrar após o lançamento oficial. É a indústria fonográfia rebolando para ver como vai ganhar dinheiro com essa onda de mp3, p2p, torrent e companhia …

“vida longa a internet!! .. ;)”

É isso pessoal … []’s.

ao som de: “Inside Job” – Pearl Jam

Categorias:cultura, música, resenha
  1. 22 maio 2006 às 11:31 am

    Ainda não ouvi muito desse dsico, só a “World Wide suicide”, que achei mediana. Só ouvindo mesmo…
    Quanto a criticar o Bush, já virou lugar comum total. Todo mundo entrou nessa..hehehe
    É isso.
    Abraço!
    t+!

  2. 22 maio 2006 às 11:40 am

    Fala tarso, blz?

    Pra quem curte pearl jam é bom sim, agora senão curte nem tenta escutar pq não é nada d+, nada além do que foi feito por eles.

    Sobre o Bush … desde q não seja somente marketing da banda, acho bacana sim, como acharia bacana se existisse uma banda q fosse a favor do Bush, desde que tivesse respaldo na sua opinião.

    É isso camarada,
    abraço.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: